ADE Regressa ao Formato Presencial

ADE

ADE Regressa ao Formato Presencial

A Conferência profissional de 2021 vai voltar a ser como antes. As novidades não se ficam por aqui, este ano o ADE regressa também ao hotel Felix Meritis, local onde se realizou até 2019. E, ademais, os bilhetes early bird já estão à venda no site. É o aguardado regresso do ADE ao formato presencial, de 13 a 17 de Outubro de 2021. 

Recentemente, o governo holandês deu luz verde para a realização de eventos em grande escala. De tal forma que, o ADE pôde regressar ao seu formato habitual, o presencial. Não apenas isto, mas a cidade pode novamente transformar-se num enorme festival.  

Os Oradores Anunciados

Assim, a organização do ADE anunciou o regresso e aproveitou para anunciar já alguns oradores convidados. Deste modo, teremos Deadmau5 e o seu parceiro de negócios, Dean Wilson; Don Diablo, que recentemente protagonizou uma venda de NFT notável; Nico Perez, CEO e co-fundador do Mixcloud; e, num claro sinal do que se avizinha, Cortney Harding, especialista em Realidade Aumentada e Realidade Virtual. Serão anunciados mais oradores entretanto. 

Primeiramente, o ADE Pro 2021 contará com executivos de topo para debater o futuro da indústria da música. Como? Aprofundando-se em novas maneiras de rentabilizar a música tais como NFT e Blockchain; examinando várias iniciativas verdes e sustentáveis e focando em práticas comerciais mais rentáveis e eficazes, bem como explorando como reformar plataformas de streaming. 

O Festival

Ademais com o programa ADE Festival a crescer a um ritmo acelerado, a oferta nocturna deste ano vai apresentar um programa rico e diversificado para os entusiastas da música electrónica. Uma programação variada que inclui os promotores: AMF; Audio Obscura; Awakenings; DGTL; Dockyard; Elrow; Into the Woods; Loveland; Pleinvrees e Verknipt. E também locais como o Concertgebouw, Panamá, Melkweg, Muziekgebouw aan’t IJ e Paradiso, com muitos mais a serem anunciados. O programa completo de tudo anunciado até agora pode ser encontrado aqui.

A Conferência

Certamente que o ADE Pro é o encontro de negócios anual para a indústria da música electrónica. A conferência de três dias vai de quarta a sexta-feira e apresenta sobretudo uma programação dedicada a temas abrangendo desde marketing, publishing e bookings até à sustentabilidade, mudança social e saúde mental.

Assim, o ADE Pro Pass está à venda no preço mais barato, o early bird, por 475€ e dá acesso à experiência completa do ADE. O ADE Pro Pass é válido todos os dias; dá acesso; a todas as conferências; ficas com acesso anual à plataforma de redes ADE Pro e à base de dados dos delegados; Acesso a hubs de negócios e salas de networking e acesso total ao festival completo e ao programa de artes e cultura (capacidade limitada ao espaço físico disponível) e ainda recebes um saco do ADE cheio de presentes. Hoje, a partir das 16h, durante o ADE In Conversation, vai ser disponibilizado um código de desconto. 

Em conclusão, para ter acesso ao ADE In Conversation tens que ter uma conta ADE, que podes registar aqui e basta ver o livestream. 

Se os temas de indústria musical te interessam vê a oferta de cursos ProDJ aqui.

Sobre o autor /

sonia.silvestre@gmail.com

Editora, de 2000 a 2011, da revista Dance Club. Durante mais de uma década escreveu e entrevistou muitos DJs e produtores de todos os géneros musicais, de Carl Cox, Erick Morillo, Todd Terry, David Guetta, a Dubfire, entre muitos outros. Escreveu para outras revistas e publicações, como a inglesa Musik. Em 2008 foi convidada para moderar o único painel sobre a cena electrónica portuguesa no Amsterdam Dance Event, o Focus On Portugal. Integrou a WDB Management, onde exerceu como Brand Manager até ao final de 2018. Durante este tempo participou na gestão de carreiras dos artistas no que toca à comunicação, promoção, gestão de patrocínios e a relação com as editoras. Fez parte da equipa em eventos como: a One Last Tour dos Swedish House Mafia em Lisboa; as duas datas do I Am Hardwell em Lisboa; o Mega Hits Kings Fest; e o RFM Somnii, de 2012 a 2018, entre outros. Em 2019 começou a trabalhar directamente com os artistas e é Manager.

Sem comentários.

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.