Dimitri Vegas & Like Mike em Sarilhos com Vini Vici

Dimitri Vegas Like Mike Vini Vici

Dimitri Vegas & Like Mike em Sarilhos com Vini Vici

São duas das duplas mais reconhecidas mundialmente, uma do EDM e outra do psytrance, e uma colaboração entre ambas só pode significar sarilhos e um hino das pistas. “Get In Trouble (So What)” saiu na passada sexta, 5 de Junho, com o selo Smash The House, editora dos Dimitri Vegas & Like Mike que junta os Vini Vici ao catálogo com este tema.

Um cântico de guerra guia-nos e marca o passo rápido de “Get In Trouble (So What)”. Um drop poderoso e um LFO usado num synth dirigem-nos até à primeira quebra que apresenta o vocal deste tema. Elementos organizados de modo a providenciar uma hora de êxtase na pista de dança. “I wanna get in trouble, I wanna start a fight” é a frase chave deste shot de adrenalina.

De recordar que os Dimitri Vegas & Like Mike não perdem tempo e nem a pandemia os travou na edição de nova música em colaborações de peso. Em primeiro lugar a colaboração com os W&W e Fedde Le Grand em “Clap Your Hands”. Em segundo lugar o seu “Raver Dome” assinado como 3 Are Legend ao lado de Steve Aoki, Justin Prime & Sandro Silva e, agora, uma parceria criativa com os Vini Vici.

“Get In Trouble (So What)” pode ser ouvido e comprado aqui.

Sobre o autor /

sonia.silvestre@gmail.com

Editora, de 2000 a 2011, da revista Dance Club. Durante mais de uma década escreveu e entrevistou muitos DJs e produtores de todos os géneros musicais, de Carl Cox, Erick Morillo, Todd Terry, David Guetta, a Dubfire, entre muitos outros. Escreveu para outras revistas e publicações, como a inglesa Musik. Em 2008 foi convidada para moderar o único painel sobre a cena electrónica portuguesa no Amsterdam Dance Event, o Focus On Portugal. Integrou a WDB Management, onde exerceu como Brand Manager até ao final de 2018. Durante este tempo participou na gestão de carreiras dos artistas no que toca à comunicação, promoção, gestão de patrocínios e a relação com as editoras. Fez parte da equipa em eventos como: a One Last Tour dos Swedish House Mafia em Lisboa; as duas datas do I Am Hardwell em Lisboa; o Mega Hits Kings Fest; e o RFM Somnii, de 2012 a 2018, entre outros. Em 2019 começou a trabalhar directamente com os artistas e é Manager.

Sem comentários.

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.